Olívia Palermo Weeding!!!

Em 2008, quando comecei a ver a série “The city”, adorei e comecei a seguir o estilo da Olívia Palermo. Era uma verdadeira cabra, mas tinha muita pinta num estilo clássico ao qual acrescentava alguns pormenores fashion, o que a tornavam uma verdadeira fonte de inspiração. No final da primeira season já estava a entrar no estilo “fashion fashion é mixar tudo que assim é que é diferente!” e a deixar de me servir de fonte de inspiração. Ainda assim continuei a segui-la no The Fashion Spot, o meu fórum de moda preferido.
Como ícone da moda que é, e com um namorado que é uma verdadeira brasa, sempre achei que o seu vestido de casamento iria ser de cortar a respiração, que ia ser uma noiva lindíssima e juntamente com o seu belo namorado, iriam fazer um dos casais mais giros em modo noivos, mas não! Este fim de semana casaram em Nova York, e não podiam estar pior. Confesso que foi uma das maiores desilusões da minha vida.
Perita em moda, decidiu criar o seu próprio “vestido de noiva”, se é que se pode chamar vestido de noiva a uma sweet de caxemira coordenada com uns calções curtos cobertos por um tule. Nos pés levava uns Manolo azuis que, apesar de serem muito bonitos, têm muito pouco de sapatos de noiva. O Johannes ia completamente de branco muito ao género garçon, com apontamentos azuis, supostamente para a coordenar com os sapatos, não fossem os tons de azuis completamente diferentes.

As 3 peças eram Carolina Herrera, que é uma óptima designer de moda, mas a meu ver o “vestido” não tinha gracinha nenhuma!

20140630-002412-1452431.jpg

20140630-002422-1462220.jpg

Dizem as más línguas que o casamento se deu porque o visto do Johannes nos estados unidos estava a terminar, mas verdade seja dita, este namoro não era de hoje e já era tempo de darem este passo!

Advertisements

Pink Gin!

Embora a moda do Gins esteja prestes a ser substituída pela da vodka, em Portugal ainda está no auge e continuam a chegar novas marcas e qualidades. Hoje soube que chegou o meu Gin, o Pink Edgerton!

Diz a crítica que é mais frutado que o tradicional, e que liberta um aroma floral a laranja e zimbro. O público alvo é o feminino e a mim, que sou completamente Pink, já me conquistou só pela cor!

20140609-164759-60479501.jpg

Maleficent – Don’t Believe the Fairy Tale

Apesar de acreditar no amor eterno, e até no amor à primeira vista, nunca acreditei em contos de fadas com príncipes encantados dos quais depende a nossa felicidade. Mas há contos de fadas encantadores, e esta nova interpretação da bela adormecida é sem duvida um deles!

Os vilões são ao mesmo tempo heróis, o mal vive de mãos dadas com o bem, onde a fada boa vira fada má, sem deixar de ser boa. Um conto de fadas bem mais próximo da realidade. Com Angelina Jolie no seu melhor, que apesar da caracterização fabulosa, está cada vez mais bonita e a brilhar tanto na versão boa como na má.

Com um pouco de sorte todos os contos serão reinventados, e as próximas gerações deixarão de acumular desgostos, uns atrás dos outros, em busca de príncipes encantados que não existem!

20140605-012105-4865187.jpg