Duquesa de Alba – A dançar pela vida do início ao fim!

Ontem foi um dia rosa pálido para o mundo e em especial para Espanha.
Perdemos uma grande mulher, um exemplo de vida, uma mulher muito Pink que sem perder o seu lado conservador e a sua educação, deixou o protocolo de lado e se atreveu a passar pela vida a dançar com muita alegria, e a vivê-la como esta importa, feliz!

Apaixonada pela vida, María del Rosario Cayetana Paloma Alfonsa Victoria Eugenia Fernanda Teresa Francisca de Paula Lourdes Antonia Josefa Fausta Rita Castor Dorotea Santa Esperanza Fitz-James Stuart y de Silva Falcó y Gurtubay, possuía 49 títulos monárquico. Segundo o Livro do Guinness, era “cinco vezes duquesa, dezoito vezes marquesa, vinte condessa, viscondessa, condessa-duquesa e condestável, além de ser catorze vezes Grande de Espanha.” Uffffffffff… educada pelo pai como se fosse um rapaz, pegou em todos os seus títulos e fez o que poucos têm coragem de fazer, viveu a sua vida até ao ultimo dia como quis. Morreu em casa, a assistir clássicos do cinema com o marido, dois dias depois de decidir sair do hospital. Em vida mandou gravar na sua lápide ” Aqui jaz Cayetana, que viveu como sentiu.” o que releva não só a forma como sempre viveu mas também o quanto se conhecia!

O seu gosto pela moda fez correr muita tinta, mas no seu livro diz apenas que “A personalidade é a maior característica do estilo. Nasci numa casa onde tinha tudo para ser elegante, mas a mim não me interessava.”

IMG_0567.JPG
“Estou convencida de que sem amor não se pode viver. Pode-se, mas muito mal”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s