Forno D’Oro!

Ontem foi a apresentação do restaurante Forno D’Oro, a nova pizzaria do chefe nepalês Tanka Sapkota.

Com um forno de ouro que coze pizzas em 60 segundos, o restaurante prima pela qualidade e tradição da cozinha italiana. Todos os ingredientes são portugueses, e grande parte das ervas usadas nos temperos são da mini horta que Tanka fez no terraço de sua casa, o que torna tudo bem mais saboroso. A ideia é explorar o conceito pizzas com cerveja, e para isso conta com uma variedade de 35 cervejas artesanais. O projecto ficou a cargo de Cristina Santos Silva, e tal como as já famosas trufas de Tanka, é delicioso!

(null)

(null)

(null)

(null)

Advertisements

Palacete Chafariz D’el Rei!

É possível que a próxima vez que acordar esfomeada não consiga reserva no palacete e me arrependa de ter feito este post, mas a verdade é que tenho de partilhar este espaço Pink com o mundo!

Ultimamente quando acordo esfomeada o primeiro pensamento que me vem à cabeça é “brunch no Palacete D’el Rei”. Descobri o espaço há uns meses e desde então fiquei fã. O brunch é óptimo, a vista fantástica e o palacete está muito bem redecorado. O preço é ainda melhor!
Das 3 salas interiores a que mais gosto é a primeira do lado esquerdo, a sala dos espelhos, num verde acolhedor iluminado por uns lustres de fazer inveja a Versailles. Mas apesar de gostar muito do espaço e o achar perfeito para os dias de inverno, o que me leva até lá é mesmo o brunch… porque ainda não experimentei o lanche! A ementa é fixa mas tem partes opcionais. Opto sempre pelo iogurte com frutas, mel e amêndoas, que era o suficiente para ficar bem, e os ovos com farinheira e salmão, porque quero virar lontra. O resto é fixo, Croissants, vários tipos que pão, queijos, doces e fiambre. Até hoje nunca conseguimos sair de lá com os pratos vazios, (o que eles consideram um brunch para 2 cá em casa chegava para 3 ou 4!) mas saí sempre satisfeita e com vontade de voltar.

Tenho de arranjar tempo para ir lanchar que ando com desenho de scones há mais de um mês!

IMG_0519.JPG

IMG_0517.JPG

IMG_4188.JPG

IMG_4189.JPG

IMG_4185.JPG

IMG_4186.JPG

IMG_0520.JPG

IMG_0518.JPG

Tasca Japonesa

Campo de Ourique tem vindo a ser considerado o melhor bairro de Lisboa faz uns 2 ou 3 anos, mas desde que o Mercado de Campo de Ourique reabriu com este novo conceito, ganhou ainda mais prestígio.

Como moradora do bairro habituei-me a frequentar o mercado, e quando regressei às Av. Novas foi o que senti mais falta. Esta semana fui matar saudades do meu antigo bairro e de uma das minhas refeições preferidas, Sushi!

Nunca tinha jantado na Tasca Japonesa e adorei. Os combinados estavam geniais e até o Sushi de fusão, do qual não sou muito fã, me surpreendeu pela positiva. As guiosas, que normalmente são gelatinosas, estavam confeccionadas de forma diferente e secas por fora. Mas os niguiris de salmão com queijo Filadélfia e tiras de cebola frita foram as peças de eleição…estavam simplesmente divinais. Saí de lá a rebolar mas cheia de vontade de voltar!

Dia de Namorados em casa by Hugo Nascimento

Toda a gente sabe que arranjar mesa para jantar fora no dia dos namorados é pior que encontrar espaço para pôr a toalha na praia de Carcavelos no 15 de agosto. Muitos são os que ainda procuram reservas, vão para filas horas e horas para celebrar o amor e chegam a casa exaustos já sem vontade de o fazer. Outros aprendem com a experiência e celebram em casa e em bom!

A contar com isso o chef Hugo Nascimento, da Tasca da Esquina, preparou umas receitas fantásticas:

20140211-203823.jpg

20140211-203832.jpg

20140211-203839.jpg

E quem não tem namorado nem o dom de cozinhar?!?

Forneria

Apesar de gostar de comida saudável, o que eu gosto mesmo é duma boa pizza. E se em Lisboa encontramos pizzas italianas em qualquer esquina, pizzas à moda de S. Paulo só na Forneria!

Ao contrario dos italianos, que comem pizza por ser uma refeição pratica, para os paulistas ir a uma pizzaria é um ritual. Do outro lado do Atlântico as pizzarias são restaurantes de luxo. As pizzas, apesar de terem a mesma aparência e massa fina, são diferentes, têm ingredientes temperados individualmente, são feitas em fornos de lenha, e são servidas fatia a fatia, para garantir a temperatura e o sabor.

Como a Forneria tem tudo isto… e fica bem mais perto de casa… ontem fui-me deliciar com a pizza Estado Liquido, (frango com catupiry, um queijo brasileiro simplesmente delicioso), e com a pizza Tradicional, (tomate fresco e rúcula, diz que ganhou um prémio de melhor pizza de lisboa). Não, não comi duas, as pizzas é que são assim para o grande… são para dividir!

Dei uma facada gigante na dieta, mas soube-me pela vida! Isto de ir a uma pizzaria e não comer uma pizza, é como ir a Roma e não ver o Papa. Ainda assim, os que insistem em cumprir a dieta à seria, podem acompanhar os amigos e deliciar-se com um dos vários carpaccios ou uma das saladas do menu!

20130509-123001.jpg

Tasca da Esquina

Com a minha falta de jeito para a cozinha não perco uma oportunidade de ir jantar fora. Gosto de conhecer restaurantes novos e muito a medo experimentar sabores diferentes, (nunca fui uma aventureira à mesa!). Normalmente tento marcar jantares em restaurantes diferentes para ir conhecendo. Mas há aqueles que vou quase por sistema ou sempre que não tenho tempo de ir ver as novidades. A Tasca da Esquina, é um dos eleitos, fica mesmo ali na esquina e passo por ele todos os dias. Houve tempos em que era quase cantina, hoje menos mas é sempre uma primeira escolha. A comida é óptima, é bem frequentado e as pessoas que lá trabalham são excelentes. Não só são bons profissionais, o que convém neste tipo de restaurante, como são todos muito simpáticos e sorridentes. Percebe-se perfeitamente que trabalham com gosto!

Com várias opções de refeição é fácil agradar a todos. Menu de degustação mais conhecido pelo “fique nas mãos do chefe”, varia diariamente consoante a inspiração do chefe. Os pratos individuais, como a raia cozinha em azeite ou a açorda de gambas. E os pratos para picar com milhares de variedades.

20121219-160436.jpg
Regra geral opto pelos pratos para picar, assim não tenho de me decidir só por um, mas como quase sempre os mesmos. Lulas salteadas com cogumelos, gambas com malagueta, ( já segui a receita do livro da tasca em casa mas não fica igual!) ovos com farinheira e morcela com maçã. Ao almoço volta não volta dou uma facada na dieta e peço um prego no pão que peço para torrar. Adoroooo mas tenho esta mania de tentar não comer HD!
20121219-155719.jpg

20121219-161104.jpg
As sobremesas também são deliciosas, e agora que não vou lá todos os dias já me dou ao luxo de comer uma… uma de vez em quando não é grave! Dizem maravilhas do creme queimado e das farófias, mas eu gosto mesmo é da mouse de chocolate com frutos silvestres e nozes caramelizadas, são calorias para uma semana mas vale muito a pena.

20121219-160708.jpg
Quem ainda não escolheu restaurante para hoje pode reservar na Tasca, diz que:

20121219-162949.jpg