Decoração

Depois de hesitar bastante entre arquitectura e veterinária algures lá pelo 8º ano, altura dos famosos testes psicotécnicos, uma psicóloga disse-me que iria ser mais feliz nas artes, das artes aos interiores foi um processo simples, a escolha da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva para tirar a minha licenciatura foi ainda mais simples, mas ainda hoje me pergunto se não seria mais feliz no meio das vacas algures no meio de uma quinta.

Por razões óbvias os interiores são o meu mundo, convivo diariamente com tudo o que tem a ver com interiores e decoração no geral, dos profissionais às peças não há um dia que não pense em interiores. Pior, defeito de profissão ou não, não há um segundo em que não pense em interiores, não vejo um filme em que não repare nos cenários, não entro num espaço sem reparar nos pormenores, não leio um livro sem imaginar espaços fabulosos, tudo é interiores e decoração, por isso é inevitável não ter uma label sobre decoração.

Adoro os interiores,os animais e tudo isso, mas verdade seja dita, se hoje me cruzasse com a psicologa dos psicotécnicos o que lhe iria perguntar mesmo era: “e porque não relações publicas?!?” É que tem tudo a ver comigo!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s