Kare Design Inauguração

Esta semana foi a inauguração da kare em Campo de Ourique. Bailarinos, que encarnavam diferentes personagens, circulavam por entre convidados, dançavam e representavam.

Foi uma abertura em grande que nos proporcionou uma noite muito divertida.

 

 

Virgílio Seco – Mutações de Ouro e Prata 

Fim de semana de chuva é o ideal para pôr a cultura em dia e ver exposições. A não perder está a de Virgílio Seco, na Casa Museu Medeiros de Almeida, com entrada gratuita. Querem melhor?!?

“Mutações de Ouro e Prata” é a nova exposição do joalheiro e está patente até dia 18 de Fevereiro e tem um pouco de tudo. Colares, anéis, brincos e pulseiras, e pela primeira vez apresenta dez objetos utilitários em prata, entre eles dois serviços de chá e castiçais.

Créditos Fotográficos: Rui Ferreira Silva

Casa-Museu Medeiros e Almeida
Rua Rosa Araújo, 41 – Lisboa
Tel. (+351) 21 354 78 92
www.casa-museumedeirosealmeida.pt
De 2.ª a 6.ª feira das 13H00 às 17H30 | Sábados das 10H00 às 17H30
Encerra aos domingos

Il Mercato – Uma espécie de Little Italy em Lisboa

A propósito de novos restaurantes, faz mais ou menos 2 semanas falava com um amigo em irmos jantar ao Il Mercado em fevereiro. Longe estava eu de saber que iria ser convidada para a inauguração e provar os pratos deliciosos do Chef Tanka em primeira mão.

Depois dos milhões de prémios com as pizzas napolitanas do Forno d’Oro e do Come Prima Tanka decidiu trazer um mercado italiano para o centro do Páteo Bagatela, onde dá a conhecer o mundo da cozinha italiana no seu expoente máximo, com os produtos e combinações de pratos únicos. Até a mozzarella de búfala de avião no próprio dia diretamente da Campania . Como se isso por si só não fosse motivo suficiente para ter uma refeição neste espaço, aqui ainda podemos ser nós a escolher os produtos, fazer as nossas próprias combinações, e compra-los a peso para usufruir no espaço ou levar para casa.  São 20 tipos de massa fresca feita em frente aos clientes, com ovos biológicos para os mais saudáveis ficarem felizes, e todos os dias são preparados molhos para combinar com cada uma delas. Para os que como eu são péssimos na cozinha, o melhor mesmo é optar pelos novos pratos de Tanka Sapkota.

 

 

 

 

 

 

Welcome 2017

2016 foi o ano das malas, das pessoas e dos 40, mas acima de tudo muito gratificante!

Ao contrário do previsto foi um ano duro, com alguns imprevistos que me fizeram ter de enfrentar uma lado menos Pink da vida. Mas foi exactamente nessas alturas Deus me enviou pessoas fantásticas que me ajudaram a passar por tudo com uma leveza inacreditável.

Em 2016 aprendi a fazer malas e mudanças como ninguém. Aprendi a circular pelo hospital de Santa Maria de olhos fechados e quais os parques mais baratos, mas acima de tudo aprendi que a vida é para ser vivida ao máximo e a rir de tudo isto. 

Passados 3 anos tirei férias à seria, fui para a Grécia com a minha amiga do coração e quase sem dormir descobrimos ilhas fabulosas que todos têm de conhecer. Fui, mais uma vez com a minha amiga do coração, para Ibiza ter com a minha recente mas grande amiga espanhola que a única forma que tenho de a descrever  é “um coração com pernas”, onde passei dias e noites incríveis sempre ao som das espanholadas que tanto amo! 

Em 2016 conheci um casal fantástico que sem saber foi um dos meus pilares de apoio enquanto diariamente enfrentava a vida hospitalar. Ensinaram-me tácticas de negócios, puseram-me a desenvolver projectos que estavam na gaveta e deram-me dicas preciosas ao sabor de uns sumos de melancia deliciosos. Provaram-me que não estava errada em relação as relações e à vida a dois… mas não me convencem em relação a filhos, pelo contrário!

2016 provou-me mais uma vez que consigo sempre enfrentar o mundo com esperança e optimismo, cair e levantar-me e estar quase sempre de sorriso nos lábios.

Para 2017 estão muitos projectos em calha, mas peço apenas, e mais uma vez, o desejo que se tem vindo a realizar ano após ano: Ser feliz aconteça o que acontecer!

Proteção Solar Precisa-se!

É oficial, abriu a época balnear e apesar de parecermos umas miúdas de 15 anos de tão entusiasmadas que ficamos, a verdade é que já temos mais alguns e temos de nos cuidar!

Faz uns anos que eu sou aquela miúda de cara pálida e corpo mega bronzeado, este ano assim que vislumbrei umas linhas por esta zona aumentei a palidez para o colo.  Claro que existe uma diferença de cor abismal entre o rosto e colo em relação ao resto do corpo, mas nos dias que correm não há porque me preocupar. Como não quero andar por aí com duas cores uso todos os truques que a cosmética nos proporciona para ficar com um tom uniforme dos pés à cabeça. Isto de passar no teste do bikini já tem que se lhe diga, que seria agora ainda ter de passar o teste da tonalidade.

A verdade é que o sol é o pior inimigo da pele, provoca rugas como ninguém e a única forma de evitar que isso aconteça é protege-la com um bom protector solar. Felizmente hoje em dia o que não faltam são protectores solares com protecção alta e em vários tons, pó com proteção solar para o rosto, e protectores com brilhantes para o corpo, que nos deixam parecidas com a Barbie cintilante mas com muito bom ar e ainda disfarça a celulite!

Depois de vários épocas, e inicio desta, com o protector compacto da Bioderma. Mudei para o Heliocare 50+ compacto. De todos os compactos que usei até hoje, é o mais escuro, o que mais se aproxima do tom de pele com que fico no corpo e tem a vantagem de existir em versão oil free que deixa a pele mate. A embalagem parece a de uma base, o que faz com que as pessoas que me vêem a colocar o protector na praia olhem de lado a achar que sou tontinha e estou a colocar base, mas não, apesar de dar uma ligeira cobertura à pele, o que é óptimo para cobrir algumas imperfeições, é mesmo protector solar.

heliocare_color_oil_free_compact_spf_50_12166_2
Para dar aquele ar saudável, fazer o efeito “kardashian” e proteger ainda mais . O pó da lierac com proteção solar. (As mais pirosas, como eu, podem usar como sombra que protegem ainda mais os olhos e podem juntar um rímel transparente, não se nota nada que estamos “trabalhadas” e vai tudo achar que nascemos assim perfeitas!)

Para o corpo o spray glitter da Piz Buin. Cheira lindamente, tem aqueles brilhantes que adoro, e disfarçam a celulite, e deixa a pele morena sem a sacrificar.

É verdade que sou uma exagerada com a proteção solar no rosto e agora no colo. Que aplico protector em casa, antes de me começar a vestir, e quando chego à praia para ter a certeza que estou bem protegida do sol, mas verdade seja dita nunca vi ninguém da minha idade, que apanhe tanto sol como eu, com a mesma quantidade de rugas sem ter recorrido a botox e tratamentos do género. Nestas coisas mais vale prevenir que remediar, e posso-vos garantir  vale muito a pena ter estes cuidados.

 

 

 

 

 

 

 

Porque Ajudar Não Custa… e É Fashion!!!

Começou no final da semana passada o leilão  “Jeans for Refugees”, no Catawiki, onde o artista Johny Dar está a leiloar varios pares de Jeans cedidos por inúmeras celebridades que o pintor, body art, ilustrador, designer de moda trabalhou com o intuito de ajudar os refugiados em todo o mundo.

Kate Moss, Victoria Beckham, Eva Longoria, Emma Watson, Sir Elton John fazem parte de uma lista de 100 celebridades que cederam os seus jeans para esta causa. Ao longo de 100 dias vão sendo leiloados os vários pares de jeans. O artista Johny Dar vai ainda pintar um conjunto de calças de ganga, numa ação que vai decorrer non-stop ao longo de 10 dias num campo de refugiados. A iniciativa ‘Jeans for Refugees’ vai culminar numa exposição na Galeria Saatchi, em Londres, e um jantar de gala, com data a anunciar.

As licitações já estão elevadas, e efectivamente não são para todos que as da Eva Longoria não me escapavam, mas quem tiver em posição de ajudar não perca esta oportunidade.

4160eb50-4e7d-11e6-890d-f095c980d84b404cef16-4e7d-11e6-8c19-4ec782a06705

46a10c8c-4e7b-11e6-8861-64754798fcf243859fc2-4e7b-11e6-8852-af2cd1911eac

17b13ade-4e79-11e6-8940-ae18c553d3e82e5405d2-4e79-11e6-8460-d1d726857d6c

154c707e-4e83-11e6-90f2-bcd5793f130a1458802c-4e83-11e6-8b1a-dcb484f38c84

c2a56d28-4e7b-11e6-95c0-2f34a7b8a94cc1c33a52-4e7b-11e6-9ef3-2748ddcbce6e

Deserta para ver as da Victoria Beckham!!!

 

 

Letters Matters

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma” já dizia Lavoisier e com toda a razão. A tecnologia evoluiu, os hábitos de leitura mudaram, e a natureza humana continua a criar  novas formas de leitura. Para repor os velhos hábitos de leitura é tempo de reinventar as livrarias, que verdade seja dita não há nada como sentir um livro de papel na mão!

Durante a sua caminhada de 3800 km de Berlim a Santiago de Compostela,  Florentino Bosse, o fundador do espaço, teve oportunidade de pensar em tudo isto. Inspirado por Groucho Marx que disse: “Eu acho a televisão muito educativa. Cada vez que alguém a liga, vou para o outra divisão da casa e leio um livro.”, criou a Letters Matters, uma livraria com um novo conceito, onde os livros existentes são o Top Ten de 500 leitores mundiais que sugeriram os 1o livros que mais os marcaram.

O espaço está pensado para trazer a leitura de volta mas também para tomar refeições multiculturais, receber momentos musicais, exposições de arte, debates literários e workshops diversos. Todos os funcionários estão bem informados sobre os livros existentes e sugerem -nos consoante o gosto e personalidade de cada cliente.

Florentino Bosse diz que “se com este projecto conseguir colocar 3 pessoas que sejam a ler já valeu a pena.” e eu não poderia estar mais de acordo!

DSC_6312

DSC_6313

IMG_9769

DSC_6685

DSC_6398Katerina Leão, Carlos Pissarra, Rita Salgueiro, Conceição Pissarra

13576826_876634305813766_8726904199469203810_oConceição Pissarra, Rita Salgueiro, Paula Bouhon, Tim Madeira

13528526_876640045813192_3078067153415054512_oSónia Alexandre, Rita Salgueiro, Paula Gomes, Hugo Luz, Katerina Leão, João Canteiro de Sousa

DSC_6466Rita Salgueiro, João Jacinto, Paula Gomes, Katerina Leão, Silvia Ramos

DSC_6530Katerina Leão, Francisco Mendes, Rita Salgueiro

DSC_6570Carmen e André Rodrigues de Almeida, Katerina Leão, Rita Salgueiro

 

DSC_6394Katerina Leão e Rita Salgueiro

DSC_6463 Zé e Luisa Real, Lidia Amaral, Rita Salgueiro

LETTERS MATTERS, Rua Rodrigo da Fonseca, 21, Lisboa

Telefone 211 987 896 – 910 148 128

florentin.bosse@lettersmatters.pt

https://www.indiegogo.com/projects/letters-matters/x/14034947

http://www.lettersmatters.pt
https://www.facebook.com/lettersmatters/