Il Mercato – Uma espécie de Little Italy em Lisboa

A propósito de novos restaurantes, faz mais ou menos 2 semanas falava com um amigo em irmos jantar ao Il Mercado em fevereiro. Longe estava eu de saber que iria ser convidada para a inauguração e provar os pratos deliciosos do Chef Tanka em primeira mão.

Depois dos milhões de prémios com as pizzas napolitanas do Forno d’Oro e do Come Prima Tanka decidiu trazer um mercado italiano para o centro do Páteo Bagatela, onde dá a conhecer o mundo da cozinha italiana no seu expoente máximo, com os produtos e combinações de pratos únicos. Até a mozzarella de búfala de avião no próprio dia diretamente da Campania . Como se isso por si só não fosse motivo suficiente para ter uma refeição neste espaço, aqui ainda podemos ser nós a escolher os produtos, fazer as nossas próprias combinações, e compra-los a peso para usufruir no espaço ou levar para casa.  São 20 tipos de massa fresca feita em frente aos clientes, com ovos biológicos para os mais saudáveis ficarem felizes, e todos os dias são preparados molhos para combinar com cada uma delas. Para os que como eu são péssimos na cozinha, o melhor mesmo é optar pelos novos pratos de Tanka Sapkota.

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Eventos para o Fim‑de‑semana! 

Passamos o ano inteiro sem grandes programas para os fim‑de‑semana, à procura do que fazer pela cidade e de novidade, de repente aparece tudo no mesmo e é o salve-se quem puder! 

  Começa a Moda Lisboa, com o desfile dos finalistas de design de moda, e a par dos desfiles habituais temos duas exposições a decorrer. Se pensam que esta loucura da moda é só para meninas desenganem-se. Uma das exposições é a Wonder Room, que conta com várias marcas portuguesas, e onde o Gentleman’s Jornal criou um coner com várias marcas masculinas. A exposição fica na praça do município 33, a partir das 15h de hoje até dia domingo às 21h… e não há desculpas que a entrada é gratuita. 

  Na Fil está a decorrer a Intercasa no pavilhão 1, a Lisbon Design Show no pavilhão 2 com paragem obrigatória no stand 33 para ver o projecto Gcodecases do Arq. Francisco Varela, e no pavilhão 3 encontram o festival vintage, imobiliárias e bancos…que alguém tem de patrocinar tudo isto!

 Como se não fosse suficiente ainda temos a Lisboa Open House, onde 70 locais abrem as suas portas e onde se pode escolher um guia para o efeito. Igrejas, monumentos, palácios, casas particulares, entre outros espaços fazem parte deste evento gratuito. Alguns locais precisam se pré marcação e existe um info point no espaço Roca Lisboa Gallery, na praça dos restauradores até dia 10 às 19h, outros funcionam por ordem de chegada. 

Esperava conseguir fazer um post sobre cada um dos eventos, mas com o projecto de uma casa para montar e com todos estes eventos para ir, a menos que não durma, não é humanamente possível. A única forma de o fazer é  pelo instagram(ritasalgueiro_full_ideas)… simples, rápido e eficaz!