Netflix 

Faz um ano que ouvi falar de uma app onde se podiam ver séries e todos os filmes do momento. Amante de cinema e sem jeito nenhum para “sacar filmes” ansiei pela sua chegada como uma criança anseia por um chupa gigante, hoje foi o dia em que a minha espera terminou!

Netflix é a app do momento, estreou hoje em Portugal e já estou registada. Está para as séries e para os filmes como o Spotify está para a música. É tudo legal, vem tudo legendado na língua que escolhemos e tem 3 planos de pagamento. Não sou fã de séries, e confesso que não só não tenho tempo como não tenho paciência para vê-las, mas filmes é outra história. Adoro filmes, dos melhores aos piores vejo todos. Conto os segundos para algumas estreias, vejo os Óscares noite dentro e sempre que posso enfio-me numa sala de cinema, ainda assim nem sempre consigo ir ver todos.

Pelo que vi hoje a selecção de filmes ainda não é a melhor, nem a mais actualizada, mas espero que muito em breve esteja actualizada ao segundo, que faça o lançamento dos filmes assim que estreiem no cinema, e que venha a funcionar tão bem ou melhor que o Spotify na música!

Se o netflix vai fazer fechar salas de cinema? Não, os amantes do cinema vão sempre querer ver filmes numa tela gigante, com o melhor som que existe e usufruir desta experiência única. Vai acabar sim com a pirataria, com tudo o que é sites ilegais, e fazer com que aqueles que por questões familiares e/ou financeiras não podem ir ao cinema com muita frequência possam estar actualizados, não tenham de esperar 6 meses até que um filme saia no club de vídeo ou pior que isso, ter de fazer downloads ilegais. 

  

Advertisements

Black Mass

É verdade que no fim de semana passado houve milhões de eventos mas isso não foi motivo para faltar ao cinema. 

Black Mass foi o eleito e é simplesmente imperdível. A história verídica de Whitey Bulger, o irmão criminoso de Billy Bulger, Presidente do Senado em Massachusetts na época, deixa-nos presos à tela do início ao fim.

Um elenco de luxo, pouco explorado, onde Johnny Deep se destaca não só pela sua interpretação mas também pela caracterização que o torna irreconhecível no papel de Whitey Bulger. 

Whitey Bulger é sem duvida um ser de personalidade estranha, que oscila entre o filho devoto, pai extremoso, com fortes valores de lealdade, e o criminoso psicopata. Não é por acaso que foi o número 2 dos mais procurados nos Estados Unidos e continua hoje, aos 86 anos,  preso.

   
   

Manual do Amor

Nunca fui conhecedora de filmes italianos, tirando o mítico “a vida é bela” acho mesmo que nunca tinha assistido a nenhum. No início do ano trouxeram-me alguns filmes para ver, um dos quais era o Manual do Amor.

Fiquei completamente apaixonada pelo filme. É um retrato da vida tal e qual como ela é, vista de uma perspectiva deliciosamente divertida. Ao longo dos anos fomos passando pelas várias etapas amorosas que a vida nos proporciona o que torna impossível não nos identificamos com todas as personagem. A forma como as histórias de vão sucedendo, a introdução de novas personagens que dão lugar a novas histórias é simplesmente genial. Nada melhor para um serão de início de ano!!!

IMG_5637.JPG

Magia ao Luar

Quando se junta razão, espiritualidade e amor o resultado só pode ser mágico!

Colin Firth está fabuloso como sempre, e encarna uma personagem muito racional que faz tudo para não acreditar em nada que não seja deste mundo. Emma Stone faz de tudo para o fazer acreditar. No meio da duvida surgem diálogos deliciosos que nós prendem do início ao fim!IMG_3335.JPG