A ver-me Grega!!! 

Bem sei que quem segue o Instagram e o facebook do Pinky Report está deserto para saber o que se passou nas mini férias que tirei a semana passada, mas isto de  estar uma semana fora fez com que hoje me tenha visto grega para pôr tudo em dia! 

Prometo que durante a semana vou tirar uns minutos por dia para descarregar e organizar as fotos, ir escrevendo algumas palavras sobre cada uma das ilhas e tentar postar tudo até ao final da semana.

Advertisements

A vida não é perfeita é Pink! 


É verdade que a vida não é perfeita, e a minha está longe de o ser, mas pode ser rosa se nos focarmos no que nos enche o coração e ignorarmos o que nos magoa ou corre menos bem. O importante é fazer de tudo para ver o lado bom da vida e vivê-la ao máximo de sorriso na cara! 

Não é um exercício fácil, temos de aprender a ignorar o óbvio, a desculpar o indesculpável, de nos colocarmos no lugar do outro e tentar perceber o que leva algumas pessoas a agirem de determinada forma. Temos de perceber como fomos parar a situações desagradáveis, e em vez  de ficarmos estagnados em sofrimento temos de pensar no que aquela situação nos traz de bom, porque há sempre algo de bom, e como sair dela.

Tive o privilégio de nascer num  mundo rosa e a sorte de nascer  optimista, o que torna tudo mais fácil. Mas há medida que fui crescendo as dificuldades surgiram e fui-me cruzando com outros mundos. Foi aí que aprendi que na vida nada é certo ou errado, tudo depende da perspectiva. Que a vida muda ao segundo e que aqueles que nos dão a mão nem sempre são os que esperávamos. Aprendi que a minha felicidade depende apenas da forma como encaro os acontecimentos, e talvez porque até hoje não me tenha acontecido nada de mau que não originasse algo melhor, aprendi que não vale a pena desesperar em situações complicadas nem guardar rancor de ninguém. Por muito difícil que inicialmente possa ser é sempre preferível esquecer o que nos magoou, registarmos as gargalhadas e tudo o que nos fez feliz. 

Mas para a vida ser verdadeiramente rosa temos de ser sempre fiéis aos nossos princípios e agir de e com o coração! É verdade que quem vive com o coração sofre sempre mais desilusões do que quem vive com a cabeça, mas usufrui muito mais da vida e leva consigo o que esta tem de melhor!!! 

DDROB – Double Dress Rob

Sabem aqueles dias em que temos vários eventos e não queremos aparecer com o mesmo top em todas as fotos? E aqueles dias em que vamos de viagem, precisamos 2 vestidos para usar uma ou duas horas em dois jantares diferentes e temos de andar carregadas com 2 vestidos? E aqueles dias em que temos de sair de casa vestidas para trabalhar carregadas com um vestido extra, maquilhagem e tudo o mais porque ao final da tarde temos um evento ou um jantar e não há tempo para ir a casa mudar de roupa? Conhecem esses dias? Pois que acabaram! Com a DDROB a nossa vida vai ser um descanso!

Ontem foi o lançamento da DDROB na Loja das Meias. A DDROB é uma marca nova, 100% portuguesa, com direcção criativa de Nuno Lago, que nos vai ser muito útil e permite dar largas à imaginação. Existem 12 modelos e 12 cores que podem ser combinadas entre si, o que nos permite fazer 100 combinações diferentes e ter 2 vestidos intemporais num só. Os tamanhos são únicos para nos facilitar ainda mais a vida.

Imaginem só o descanso que é sair de manhã para trabalhar num vestido fresco em tons de rosa e sair directa do trabalho para jantar com o mesmo vestido virado ao contrário, agora em preto e com o colar de pérolas que veio logo de manhã na mala. Não é maravilhoso?  Isto sim, é um luxo!

DDROB_CAMPAIGN

DSC_0908

DSC_0911

DSC_0929

DSC_1085

DSC_1102

 

 

 

 

 

 

 

Uma decada depois… 

Lembro-me perfeitamente de entrar nos 30 feliz da vida. Ao contrário das minhas amigas que iam demonstrando alguma tristeza, sempre achei que os trinta é que eram… e foram!

Passou uma década e saí dos trinta com a mesma sensação com que entrei. Até agora foram sem dúvida os melhores anos da minha vida. Jovem e sem as inseguranças dos 20, independente, aberta ao mundo, sem ter de mostrar que já era crescida, e literalmente nas tintas para o que os outros pensam. Finalmente percebi o que os brasileiros queriam dizer com o “a mulher depois dos trinta é muito mais mulher!”

Hoje entro nos 40 com o mesmo entusiasmo que entrei nos 30. Estou mais velha é um facto, tenho mais rugas, mais cabelos brancos,  muito mais experiente, mas acima de tudo com mais 10 anos de felicidade em cima!

A ser verdade que os 40 são os novos 30, acabo de entrar na segunda melhor fase da vida!!! :))))

Ficam alguns momentos desta década fabulosa…



Feriado ou Trabalho Descansado!

Hoje é feriado de Corpo de Deus supostamente dia de descanso!

Se há um mês pensava ir para o Algarve num fim de semana prolongado, o trabalho estragou-me os planos e fiquei por cá. 

Ainda assim tenho de admitir que, mesmo a trabalhar, ficar em casa  é muito diferente que andar na correria do dia a dia e sabe sempre a descanso. E se tiver em conta que adoro o que faço trabalhar em casa soa mais a entretinimento que a trabalho! 

Pink Day

Hoje é o dia mais Pink do ano e a Rua Castilho enche-se de eventos, promoções, muita música e animação. 

Das 10h às 22h a Loja das Meias vai estar com mega promoções, com kits a partir de 20€, passatempos e muito mais.




Apareçam e aproveitem este Pink Day! 

Topo – Não há fome que não dê em fartura!

Depois de andar 3 semanas a tentar reservar mesa no Topo, consegui ir lá jantar 2 semanas seguidas!

Parecia missão impossível, mas faz amanhã 15 dias conseguimos a uma segunda feira reservar mesa para sábado. Nessa mesma noite cruzei-me com uma das minhas melhores amigas que passou por lá para ver o menu de grupo para o aniversário dela, para o qual eu estava convidada, e ontem lá fui novamente jantar ao Topo!

A vista é fabulosa, a decoração está bem, mas não é de todo um espaço para grupos grandes, nem pequenos, 2 pessoas é o ideal para um jantar mais intimista com vista para o castelo.

Vale a pena lá ir ao final da tarde para tomar um copo antes de jantar na esplanada, numa espécie de sunset com vista para o castelo. 
Não se come mal mas nada que se justifique o preço! Se da primeira vez achei 46€ um exagero, mas justifiquei com o facto de sermos uns alcoólicos e comermos mil entradas, ontem percebi que não. Menu de grupo de hambúrguers por 30€ é para pagar a vista, que essa sim vale cada cêntimo!